domingo, 12 de março de 2017

Ser simplesmente...


foto:  Cláudio Márcio de Freitas da Silva via celular

Se eu pudesse trincar a terra toda
E sentir-lhe um paladar,
E se a terra fosse uma coisa para trincar
Seria mais feliz um momento…

Mas eu nem sempre quero ser feliz.
É preciso ser de vez em quando infeliz
Para se poder ser natural…
Nem tudo é dias de sol,
E a chuva, quando falta muito, pede-se.
Por isso tomo a infelicidade com a felicidade
Naturalmente, como quem não estranha
Que haja montanhas e planícies
E que haja rochedos e erva…

O que é preciso é ser-se natural e calmo
Na felicidade ou na infelicidade,
Sentir como quem olha,
Pensar como quem anda,
E quando se vai morrer, lembrar-se de que o dia morre,
E que o poente é belo e é bela a noite que fica…
Assim é e assim seja…

Alberto Caeiro (Fernando Pessoa)

People among as - Bliss

Vamos correr atrás do que faz o coração vibrar. 
O que se leva dessa vida é a vida que se leva.
A felicidade não está no destino mas no meio do caminho.

Um beijo carinhoso,

teca.

48 comentários:

  1. La poesía de Pessoa, es de un gran sentimiento, entrañablemente lírico. Pessoa habla desde elma, y quién que él, para sentir esta dualidad de la existencia de felicidad e infelicidad que trae el vivir. Pero es esa dualidad, la que hace de lo vivido, un goce al morir. Se ha sabido vivir la vida desde sus aristas de luz y sombridez. UN abrazo, Teca, y siempre mia fecto. Carlos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. uma dualidade que está presente em nossos dias, ainda que não se perceba nitidamente...
      Um beijo, poeta

      Excluir
  2. Olá Teca.
    Gostei do teu poema; um belo poema. Parabéns.
    Abraços.
    Pedro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O poema apresentado é de Alberto Caeiro, um dos heterônimos de Fernando Pessoa.
      Beijo

      Excluir
    2. Pois é Teca, fiquei preso ao poema, e não me dei conta que o seu autor é o grande Fernando Pessoa (aí é Alberto Caeiro, um dos seus heterônimos). Pelo menos elogiei o poema (elogio que me penitenciou).
      Um abraço.
      Pedro

      Excluir
    3. Ô, Pedro, que nada! Fiquei até lisonjeada... uma honra ter os versos do Pessoa como meus... obrigada, amigão!
      Beijos

      Excluir
  3. Hola amiga Teca,un precioso poema como siempre y acompañado con una linda melodia y un bonito video.Una feliz semana,besos con mucho amor y cariño amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A poesia sempre enche a alma de bons fluidos, especialmente num domingo de sol e paz...
      Beijos e flores, amigo Antonio, e ótima semana

      Excluir
  4. Uma imagem interessante e dando a linha myśleia e bonita para ele. Cumprimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda que tenha cimento, a flor insistiu em florescer...
      Um beijo

      Excluir
  5. Preciosos el poema la imagen y el vídeo, por desgracia siempre es así, apreciamos más algo cuando lo perdemos, cuando no lo tenemos, lo apreciamos. Cuando todo tenemos, nada apreciamos.
    Feliz semana Teca, un fuerte abrazo amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ser humano é um paradoxo sem tamanho, certeza que é...
      Um beijo e feliz semana, Alejandro

      Excluir
  6. Fantástico!!! Me ha gustado mucho amiga Teca, un fuerte abrazo desde España.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita e o contentamento expressado, Germán.
      Um beijo deste lado quente do oceano

      Excluir
  7. Respostas
    1. A beleza pode ser percebida nos menores detalhes da natureza...
      Um beijo

      Excluir

  8. La felicidad completa no existe. La vida se compone de momentos salpicados por gotas de infelicidad, lo que nos permite valorar lo que tenemos cada día.
    La foto de una humilde flor en un ambiente hostil es un encanto.
    Me gusta el vídeo de Bliss

    Un beijo

    · LMA · & · CR ·

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sábias palavras, amigo ñOCO! Como dizia o nosso poeta brasileiro Mario Quintana: "Não faças da vida um rascunho, poderás não ter tempo de passá-la a limpo." Temos que saber aproveitar as alegrias e aprender com as tristezas e vice-e-versa...
      Um beijo

      Excluir
  9. Como sempre um naipe de escolhas incríveis, por aqui, Teca!
    Mais um post excepcional! Se não se importar, vou ficar com as suas últimas palavras, debaixo de olho, para qualquer dia as destacar lá no meu canto, com um link para aqui... Adorei!!!!
    Beijos! Feliz semana!
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As palavras são livres e inspiradas de outros mares... tudo o que é bom é para ser divulgado e transferido. Fique à vontade para levar o que quiser, sem cerimônia. Sedimentos é nosso!
      Um beijo grande e obrigada pela visita

      Excluir
  10. Alberto Caeiro é sempre uma escolha fantástica.
    E gostei imenso da sua frase final. Realmente o que importa é a viagem... Muito belo, amiga.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprecio visitas poéticas como a sua... bem-vinda sempre!
      Pessoa tinha grande talento com as letras...
      Um beijo e ótima semana, Graça

      Excluir
  11. La felicidad a veces sale a nuestro encuentro, esas flores merecen un alto en el camino para contemplar su belleza.
    Un abrazo,Teca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A felicidade pode estar nos pequenos detalhes da vida, como nesse momento em que percebi essa flor nascida em pleno cimento. Pedi a um colega que fotografasse para deixar registrada tamanha beleza sentida.
      Um beijo

      Excluir
  12. Todo un privilegio poder leer a Pessoa en tu blog. Magnífica tu reflexión sobre la vida.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho aprendido tanto, Manoel!... O melhor é não deixar de ser feliz e ir sempre adiante... ainda que tenha umas pedras no caminho...
      Um beijo

      Excluir
  13. Si fuésemos siempre felices no sabríamos valorarlo en su justa medida. Pero la felicidad hay que buscarla siempre, pues ya se encarga la vida de torcernos las cosas de vez en cuando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assim é, Javier! Tentar buscar sempre o lado positivo das coisas e das pessoas e aprender com as quedas... saber viver e ser feliz nos pequenos detalhes...
      Um beijo

      Excluir
  14. Que bonita entrada, todo, la musica, el texto, como siempre...saludos y feliz semana amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, amigo! Bonita é a vida com suas nuances e diferenças...
      Um beijo e carinho

      Excluir
  15. Apreciada Teca, muy bonito, me gusta mucho.

    Un saludo grande.-

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Juan, que surpresa boa! Obrigada por passar...
      Um beijo

      Excluir
  16. Preciosas palabras Teca!! y preciosasa esas flores abriendo camino para salir a la luz.
    Buen martes.
    Besos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A flor brotando em plena parede e chão me encheu de alegria. Por isso pedi a um colega que registrasse esse encanto... essa cena eu vi na empresa onde trabalho...
      Beijos

      Excluir
  17. Maravillosos pensamientos, con una música increíble. Cierto, lo natural es el día y la noche, la felicidad y la infelicidad, la noche y la muerte... Pero nos cuesta aceptarlo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma mescla dos sentimentos opostos e está feito o equilíbrio vital! É verdade que custamos bastante para aprender e entender isso...
      Um beijo, Valverde

      Excluir
  18. Los días son muy largos si son tediosos y cortos si son maravillosos. Sin embargo, en cada día tedioso siempre hay un fragmento de júbilo que, aunque sea escaso, lo mejor es sacarle el mejor partido, pues en estos retales de la vida está la felicidad que paso a paso iremos sumando a lo largo de nuestra existencia.

    Besos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, penso que não importa a quantidade do tempo, e sim a qualidade dele vivido... pequenos bons momentos que somados são uma grande felicidade...
      Um beijo

      Excluir
  19. Hola amiga Teca,un feliz domingo lleno de amor y armonia,besos con mucho amor y cariño.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, querido amigo! O mesmo desejo para você e seus companheiros de cliques...
      Beijos e amizade sincera

      Excluir
  20. Preciosa foto (la belleza brotando del cemento), precioso poema de Pessoa y precioso Vídeo. Gracias.

    Un biquiño

    Justa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fiquei bastante maravilhada com a flor brotando entre a parede e o chão de cimento...
      Um beijo, Justa

      Excluir
  21. Belo poema. A vida às vezes nos desafia à aprendizados onde é difícil manter a naturalidade e a calma.
    Mesmo quando sei, que tudo é transitório.
    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos que procurar o máximo da naturalidade, da espontaneidade... dessa vida só levamos a vida que a gente leva e acredita...
      Um beijo

      Excluir