quinta-feira, 4 de junho de 2015

Arranjando-se...


foto: teca via celular


O tempo não cura tudo.
Aliás, o tempo não cura nada,
o tempo apenas tira
o incurável do centro das atenções.

Martha Medeiros




Gloria Gaynor - I Will Survive

42 comentários:

  1. Só de nos desviar a atenção, ele já nos oferece o retorno ao caminho do bem estar. Gostei muito do vídeo! Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A música data de 1978... e ainda atual...

      Beijo.

      Excluir
  2. Bem acertado o pensamento da Martha Medeiros.
    A música é linda, claro.
    Teca, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Me gusta la entrada y sobre todo la reflexión de Martha. Abrazos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida sempre tão benevolente trata de nos despistar sobre tantas incuráveis situações...

      Beijo.

      Excluir
  4. O tempo não cura... mas ameniza tudo... e vamos aprendendo a conviver com as coisas que não podemos mudar, ou que não poderemos mudar, no passado, por exemplo... mas sempre temos uma palavra a dizer no presente... para se tentar mudar o futuro...
    A música... um eterno hino à resiliência... já não ouvia faz tempo... mas sabe sempre bem, voltar a escutar...
    Adorei o post!
    Beijos, Teca ♥ Bom fim de semana!
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que não podemos mudar, fica como lição, como experiência vivida, como aprendizado...

      Beijo.

      Excluir
  5. reflexión y canción muy buenos, saludos y rosas amiga Teca, ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Abençoado passado que exemplifica o incrível presente!

      Beijos e flores.

      Excluir
  6. Hola amiga Teca una bella y linda reflexión.Un fuerte abrazo y feliz fin de semana,besos con amor y pasión.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Reflexão em tempos de mudança... com a mais antiga das canções.

      Beijos, flores, carinho, amor e amizade sincera.

      Excluir
  7. Teca, un pensamiento interesante y una canción que me traen recuerdos discotequeros.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recordações de tempos idos intensamente vividos e curtidos.

      Beijo.

      Excluir
  8. Linda foto. Bom fim de semana Teca
    Beijos meus
    Morris

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecida pelo carinho, Morris.
      Feliz domingo pra você.

      Excluir
  9. Hay heridas que no cicatrizan nunca.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não cicatrizam, mas ficam estancadas... ;)
      Beijo, amigo Jesús.

      Excluir
  10. Algunas heridas calan muy dentro.
    Buen fin de semana.
    Besos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficam internamente caladas... silenciosas...
      Bom domingo, Laura.
      Beijo.

      Excluir
  11. O mano velho tempo é um grande professor.
    E quem disse que aprender não dói!..
    Mas vale muito a pena.

    bjo Teca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aprender é uma grande aventura! E uma bravura imensa!!!

      Beijo.

      Excluir
  12. Como siempre estupendas las cosas que nos dejas.
    Saludos.

    ResponderExcluir
  13. Eu costumo dizer que o tempo só aumenta as rugas...
    Mas Gloria Gaynor ouve-se mesmo sem tempo...
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo aumenta as rugas, mas não enruga a música, verdade?
      Sempre tão atual as músicas que ouvíamos... ahah...

      Beijo.

      Excluir
  14. O tempo nos faz arquivar o desnecessário

    Beijos
    Rafael

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arquiva-se, mas muitas das vezes não se esquece...

      Beijo.

      Excluir
  15. Hummm, yo creo que el tiempo sí que cura muchas cosas. Aunque no se olviden, quedan como adormecidas.

    ResponderExcluir
  16. O tempo é tudo o que temos!
    Excelente escolha musical como se fosse actual.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando a música é boa, ela se eterniza na memória... ainda mais quando marcou uma época bem vivida... beijo.

      Excluir
  17. Acho o tempo um "mestre". Ensina, modifica, mostra e transforma.
    Ouvir Gloria Gaynor sabe sempre bem, e a música, em geral, ajuda a sobreviver.
    Beijos, Teca!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto a música como a expressão da alma... beijo.

      Excluir
  18. Hola Teca,feliz domingo amiga,besos con mucho amor y dulzura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Feliz domingo para você também, amigo, e uma excelente semana!
      Beijos com grande amizade e consideração, e flores do campo para alegrar a alma.

      Excluir
  19. El tiempo, a veces, te da sorpresas muy desagradables. Por fortuna, el tiempo también corrige lo que puede.

    Besos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando se vê... o presente já passou em forma de passado que deixou saudade e não mais será visto num futuro que nem sabemos se existirá... beijo.

      Excluir
  20. Algunas heridas son tan profundas que tardan mucho en cicatrizar, una entrada estupenda, ideal para reflexionar, besos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algumas feridas "machucam" a vida inteira, ainda que tentamos cicatrizá-la de alguma forma.
      Beijo carinhoso.

      Excluir
  21. O tempo, esse venerável mestre " - diz o livro Tibetano. Dá e tira . É a forma de nos encontrarmos no Espaço . Os dois são inseparáveis . Os dois nos aproximam, nós afastam
    Abraço , Teca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo de ser, de ver, de sentir... para tudo tem-se o tempo...
      Beijo.

      Excluir