domingo, 18 de janeiro de 2015

Se


foto: internet


Se és capaz de manter a tua calma quando
Todo o mundo ao teu redor já a perdeu e te culpa;
De crer em ti quando estão todos duvidando,
E para esses no entanto achar uma desculpa;
Se és capaz de esperar sem te desesperares,
Ou, enganado, não mentir ao mentiroso,
Ou, sendo odiado, sempre ao ódio te esquivares,
E não parecer bom demais, nem pretensioso;

Se és capaz de pensar - sem que a isso só te atires,
De sonhar - sem fazer dos sonhos teus senhores.
Se encontrando a desgraça e o triunfo conseguires
Tratar da mesma forma a esses dois impostores;
Se és capaz de sofrer a dor de ver mudadas
Em armadilhas as verdades que disseste,
E as coisas, por que deste a vida, estraçalhadas,
E refazê-las com o bem pouco que te reste;

Se és capaz de arriscar numa única parada
Tudo quanto ganhaste em toda a tua vida,
E perder e, ao perder, sem nunca dizer nada,
Resignado, tornar ao ponto de partida;
De forçar coração, nervos, músculos, tudo
A dar seja o que for que neles ainda existe,
E a persistir assim quando, exaustos, contudo
Resta a vontade em ti que ainda ordena: "Persiste!";

Se és capaz de, entre a plebe, não te corromperes
E, entre reis, não perder a naturalidade,
E de amigos, quer bons, quer maus, te defenderes,
Se a todos podes ser de alguma utilidade,
E se és capaz de dar, segundo por segundo,
Ao minuto fatal todo o valor e brilho,
Tua é a terra com tudo o que existe no mundo
E o que mais - tu serás um homem, ó meu filho! 

foto: internet

If you can keep your head when all about you
Are losing theirs and blaming it on you,
If you can trust yourself when all men doubt you
But make allowance for their doubting too,
If you can wait and not be tired by waiting,
Or being lied about, don't deal in lies,
Or being hated, don't give way to hating,
And yet don't look too good, nor talk too wise;

If you can dream - and not make dreams your master,
If you can think - and not make thoughts your aim;
If you can meet with Triumph and Disaster
And treat those two impostors just the same;
If you can bear to hear the truth you've spoken
Twisted by knaves to make a trap for fools,
Or watch the things you gave your life to, broken,
And stoop and build 'em up with worn-out tools; 

If you can make one heap of all your winnings
And risk it all on one turn of pitch-and-toss,
And lose, and start again at your beginnings
And never breath a word about your loss;
If you can force your heart and nerve and sinew
To serve your turn long after they are gone,
And so hold on when there is nothing in you
Except the Will which says to them: "Hold on!" 

If you can talk with crowds and keep your virtue,
Or walk with kings - nor lose the common touch,
If neither foes nor loving friends can hurt you;
If all men count with you, but none too much,
If you can fill the unforgiving minute
With sixty seconds' worth of distance run,
Yours is the Earth and everything that's in it,
And - which is more - you'll be a Man, my son!

If - Rudyard Kipling



38 comentários:

  1. És sempre capas de seleccionar bons autores.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah... a seleção é diretamente proporcional à inspiração... beijo.

      Excluir
  2. Buenas, me gustan las fotos que has puesto para acompañar , bueno especialmente la de los pies , no le veo la relación y sin embargo la veo apropiada
    Besos
    Javi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Determinação e aprendizado... dois sentimentos interligados e que demonstram estar presentes na foto... culminando na persistência... pelo menos é o que eu vi ali... beijo.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Obrigada pela presença, Teresa.
      Boa semana.
      Beijo.

      Excluir
    2. Bonito poema de Rudyard Kipling, el de " El Libro de la Selva", y que he leído muchas veces.
      Beijos

      Excluir
    3. Bonito e profundo... basta gana e honestidade para prosseguir...
      Beijo.
      (sem querer apaguei a minha resposta... basicamente era isso...)

      Excluir
  4. Até onde seremos capazes de sermos o que somos?
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  5. Bufff, demasiadas cosas...creo que no sé lo que soy...

    Besos y abrazos

    ResponderExcluir
  6. Bellas palabras de Kipling para transmitir a un hijo. Desde luego el que es capaz de afrontar obstáculos y conservar la calma, es un hombre.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Valverde... você captou os versos como eu.
      Beijo grande.

      Excluir
  7. Uff, complicado cumplir con todo lo que pide Kipling. Me conformo con lograr sólo un poquito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Basicamente, juntando a nossa boa e prezada dignidade com os valores morais transmitidos pelos pais, há que se ter uma grande chance de ser um grande homem.
      Beijos.

      Excluir
  8. Para ler, curtir e reler...
    Levar em nossas andanças...

    Bjok Teca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade, Liza, eu venho no meu próprio blog várias vezes, porque sempre releio alguns versos que sedimento aqui... beijo.

      Excluir
  9. Nossa adorei...

    Uma abraço cheio de luz,
    Tauana Raio de Luar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um abraço caloroso e cheio de luz para você também, Tauana. Bom te rever por aqui... beijo.

      Excluir
  10. Nossa, Teca!
    O que dizer? Um post fantástico e perfeito!...
    Como sempre, iluminando a alma da gente, com suas escolhas...
    Adorei cada palavra, e as imagens...
    Um beijo grande
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu é que pergunto: o que dizer dos seus comentários? Sempre positivos e cheios de energia! São palavras de peso e de força.
      Obrigada sempre!
      Beijo.

      Excluir
  11. Querida amiga

    Tinha lido este poema
    a muitos anos,
    e me esquecido dele.
    Hoje reencontrado-o,
    sinto-o ainda mais belo,
    com suas imensas verdades
    e ensinamentos.

    Que ainda haja estrelas em seu coração,
    é o que deseja minha vida para a tua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas estrelas, sol, lua e esperança dentro do coração!
      O desejo eu rebato para você, alma caridosa e cheia de ensinamentos.
      Beijo, mestre.

      Excluir
  12. Es bonito que un padre se sienta orgulloso de un hijo.
    Bellísimo,Teca. Un abrazo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma grande verdade, Jesus: saber que um filho está bem encaminhado é um grande orgulho, uma grande recompensa...
      Beijo, amigo.

      Excluir
  13. ...siempre es un orgullo!
    Entrañable entrada Teca. Que te vaya bien la semana.
    Un abrazo.
    Ramón

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valor e brilho, Ramón, um orgulho sem fim...
      Boa semana, mestre.
      Beijo com carinho.

      Excluir
  14. Esa imagen del padre y el hijo me parece preciosa, muy bonita la entrada en su conjunto, saludos amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a imagem é linda, e transmite saudade dos tempos idos...
      Beijo, amigo, gostoso te ler aqui...

      Excluir
  15. Quanta beleza!! Gostei muito!!

    Bjs

    www.lucadantas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei da alegria na cantoria, Lu! A vida é isso mesmo: "De tudo um pouco".
      Grata pela beleza da visita.
      Beijo.

      Excluir
  16. Hola amiga Teca bellas palabras que como siempre tu nos haces meditar a traves de tus bellos mensajes,bonita y tierna fotografia.Un fuerte abrazo y feliz fin de semana,besos con mucho amor y cariño

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como sempre você também me traz muita amizade e carinho, amigo Antonio.
      Feliz fim de semana, com beijos, abraços, flores e alegria.

      Excluir
  17. ser hombre, no es la figura, es ser la determinación e inteligencia suficiente para sortear los obstáculos de la vida, y tener la fortaleza necesaria para transmitir a su hijo sus propios valores, bonito post amiga Teca,,,saludos y rosas.-

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E nunca perder a dignidade...
      Beijos e flores do campo.

      Excluir