domingo, 14 de outubro de 2012

Sobre leveza e inutilidades



foto: internet  

Eu ando à caça de palavras aladas
que possam compor versos planadores
e recheados de desimportância.

Palavras-borboleta, conhecedoras 
do voo e da metamorfose,
donas de seu destino. 
Não desejo aprisionar significâncias.

Se for à noite, 
que sejam palavras vaga-lumes
ou de estrelas falantes. 
Estou cansado de opacidades,
de seriedades,
do inútil marrom que não sabe sorrir.

Feliz eu ficaria se delas nascesse
um poema com a mesma inutilidade
dos aviõezinhos de papel,
tantas vezes atirados ao vento
bem de lá da minha infância...

Celso Mendes


foto: internet


49 comentários:

  1. Encarcelar palabras con significados establecidos, al igual que en otros casos de encorsetamiento, no es muy agradable.
    Además los multisignificados cohartan la libertad de utilizar uno u otro.
    Siempre es mejor la libertad, aunque sea de papel.

    Un fuerte abrazo, querida Teca.

    ResponderExcluir
  2. Uma chuva de bençãos desça sobre sua casa!
     
    _..._ ..._(... (  ...).._
      (_....__..._) _(.. (  ...)
      /(_...._)(_...._..._)\
     // / / / / | \ \ \ \
     / / / / | \ \  \
    / /  /  /  | \  \  \
    ♥ ♥    ♥  ♥ ♥   ♥    ♥ 
    ♥ ♥   ♥   ♥    ♥ ♥ ♥   ♥
    ♥   ♥   ♥  ♥   ♥ ♥
     ´´´, •♥♪♥♪♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•
    ´´´¢/Λ\♥♪♥♥♪♥♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥•
    ´´ /...\♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥•
    ´¢/ ๑۩๑ \♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•
    ¢/¨๑۩۞۩๑_\´♪♥♪♥♪♥♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥
    ¨▓¨.♪♥♥♪.▓♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥♪♥•|||||
    ¨▓¨.♪♥♥♪.▓¨★★★★★★★★★★|||
    ¨▓¨.♪♥♥♪.▓¨★★★★★★★★★★|||
    ¨▓¨.♪♥♥♪.▓••••••••••••••••••••
    ¨♥♥======♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥
    ¨♥♥======♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

    Que o Senhor Jesus vos abençoe e vos guarde!

    Te espero no meu cantinho, a propósito, se ainda não estiver seguindo o meu blog, deixo aqui o convite, retribuirei o gesto.

    ***Lucy***

    P.S. Visite também:
    http://discipulodecristo7.blogspot.com/
    Temas Bíblicos e Mensagens Abençoadoras.

    ResponderExcluir
  3. Com leveza, sempre encaro como utilidade, útil idade, ler o que dás a ler. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Celso é poeta dos melhores.


    Obrigada por sugerir lá no google... Vou começar a usas a ferramenta.

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  5. Quem dera, Teca... quem dera eu fosse boa com as palavras... não tenho esse dom, Deus me deu outro e tento fazer bom uso dele.
    Belo post com gostinho de quero mais.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Muy hermosa. Buenos pensamientos al comienzo de la semana. Un poema de destino tortuoso.

    ResponderExcluir
  7. buena forma de entender las palabras. saludos

    ResponderExcluir
  8. Palavras sempre vivas.Parabéns pela bela postagem.

    ResponderExcluir
  9. Nice! The image is also nice. When I was a child, my dream was being a bird. Because they can fly......: )

    Have a wonderful week!

    ResponderExcluir
  10. very lovely pictures-))))))
    Books are flying-)))super!!!
    kisses from Greece
    Christa

    ResponderExcluir
  11. Buena conjunción entre este bello poema y la foto, buena elección.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  12. Bela imagem...Belo poema...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  13. poema alado... nas asas do avião de papel, nas asas do papel do poema.
    beijos, Teca!
    Jefferson,

    ResponderExcluir
  14. Precioso poema, no conocía al autor, que lindas palabras. Un abrazo mi querida amiga.

    ResponderExcluir
  15. Un fuerte abrazo a amiga Teca a cuyos amigos nunca olvida.
    Juan

    ResponderExcluir
  16. Lindas estas palavras, como sempre. Bjs grande e saudades

    ResponderExcluir
  17. É bom demais quando essas palavras aladas pousam em nossas vidas. Dá uma vontade de viver mais, de querer mais.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Lindo poema! adorei...
    Passando pra deixar meu carinho...
    Tenha uma linda semana....linda noite..
    beijos

    ResponderExcluir
  19. Gosto de vir aqui porquê sempre encontro poemas e poesias encantadores...

    ResponderExcluir
  20. Palabras borboleta!!! ja ja ja eso es Teca!!!
    Si las palabras no planean libre desde el mismo corazón lo mejor es dejarlas pasar, que no nos lleguen.
    Las palabras deben volar y nosotros con ellas y no hay más que entender.
    Un inmenso abrazo y un carinhooooooooso beijo como borboleta!!!

    ResponderExcluir
  21. Belo beloo o poema do Celso, valeu mesmo.

    Beijo, Teca.

    ResponderExcluir
  22. Isso me lembra 'A insustentável levesa do ser de Kundera, bem, nem tanto. Beijo

    ResponderExcluir
  23. Andar à caça de palavras era o que eu devia estar fazer neste momento...
    Ficou muito bonito!

    ResponderExcluir
  24. Estou tentando me aventurar nas resenhas mesmo, Teca. Vamos ver se dá certo. rsrs

    Beijo

    O mundo sob o meu olhar

    ResponderExcluir
  25. Querida amiga

    E há ainda
    quem duvide,
    que a beleza
    more nas coisas simples...


    Que a sua vida seja sempre
    um tributo a esperança.

    ResponderExcluir
  26. ¡Qué bellos versos! es de lo mejor que he leído ultimamente, da gusto pasar por aquí.
    Un beso

    ResponderExcluir
  27. Hola amiga Teca,excesivos dias sin pasarme por tu blog,disculpas,toda mí admiración por tus exquisito trabajo,,,un besito cariñoso

    ResponderExcluir
  28. *Estrelas falantes*... é um poema lindíssimo :)

    Beijito*

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  30. Querida Teca, excelentes metáforas do poeta Celso Mendes e muito bom gosto na sua escolha. As coisas mais simples por vezes são as mais difíceis de se encontrarem, talvez por serem as mais belas.
    Muito obrigada pela partilha.
    beijinho amigo e uma flor.

    ResponderExcluir
  31. Me gusta, sobre todo, el último párrafo.
    Saludos
    David

    ResponderExcluir
  32. Un poema fantástico, gracias por compartir, siempre un placer pasar por tu espacio.
    feliz semana.
    recibe un saludo.

    ResponderExcluir
  33. La levedad es la materia de la belleza.
    Saludos, Teca.
    ---------
    A leveza é objecto de beleza.
    Atenciosamente, Teca.

    ResponderExcluir
  34. Contrastes

    Palavras ausentes- sons de encantar.
    Leves e suaves- força do vento.
    Cores escuras- clara a leitura.
    Passado padrasto- Felicidade recente.
    Dias de ventura- noites de relento.


    Adorei os teus comentários. Sempre ternos e poéticos. Aprecio a tua constante atenção aos pormenores da composição. De facto estão duas aves nos galhos.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  35. Hola Linda Flor.
    Cuantas bellas y sabias palabras hay en esos pájaros de papel.
    Un beso

    ResponderExcluir


  36. Hello, teca.

      Lovely your works, full of joy.

      Thank you World-wide LOVE, and your Support.

      The prayer for all peace.
      I wish You all the best.

    Have a good weekend. from Japan ruma ❀

    ResponderExcluir
  37. O que eu tenho para lhe dizer além de... Tu és iluminada e eu adoro tê-la por perto. Nada além disso!
    A casa tá desatualizada mas o coração cheio de amor...

    Beijão, Tequita! ;-)

    ResponderExcluir
  38. Volar en libertad, Teca, si, los versos lo logran,

    ResponderExcluir