segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Diante da visão da infinita beleza...


foto: amapolas - presente do amigo ANTONIO CAMPILLO


Sorriso audível das folhas
Não és mais que a brisa ali
Se eu te olho e tu me olhas,
Quem primeiro é que sorri?
O primeiro a sorrir ri.

Ri e olha de repente
Para fins de não olhar
Para onde nas folhas sente
O som do vento a passar
Tudo é vento e disfarçar.

Mas o olhar, de estar olhando 
Onde não olha, voltou 
E estamos os dois falando 
O que se não conversou 
Isto acaba ou começou? 

Fernando Pessoa - Sorriso audível das folhas

41 comentários:

  1. Um poema que trata afinal de questionar o que é a verdade das sensações e o que é a verdade do mundo.
    Muito bem escolhido o vídeo desse post assim como o poema.

    ResponderExcluir
  2. Para Pessoa tudo tem vida e ao mesmo tempo é cinza, são as várias versões que tem os poetas.
    Saudades querida, estou voltando aos poucos.
    Beijo com carinho.

    ResponderExcluir
  3. Infinita es la satisfacción que nos das con tus entradas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Muy bella la foto con profundidad, luz y colorido. Saludos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Teca!

    O lindo Poema, ilustrado pela linda imagem!

    ResponderExcluir
  6. Continuas na mesma, sempre com posts perfeitos, em completa sintonia. Bjs e boa semana.

    ResponderExcluir
  7. Teca,
    fantástica a foto. Com o link vou fazer uma visitinha.
    Boa semana!!!!

    ResponderExcluir
  8. Me encanta la fotografía elegida para este bello poema.
    Un beso.

    Fotografia Juanjo Mediavilla

    ResponderExcluir
  9. Veloso y Pessoa y sigues mezclando, el poema ha conseguido sacarme mi sonrisa :)), la música me ha llegado al alma. Un enorme y afectuoso abrazo amiga.

    ResponderExcluir
  10. Preciosa Composición en su conjunto.
    Maravilloso Juego de Palabras para componer esta Poesía infinita, igual que el Horizonte de Amapolas.
    Una maravilla de Trabajo, Teca, sobre el Poema de Pessoa.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  11. Poem and picture are both wonderful Teca.....my compliments.

    Kisses, Joop

    ResponderExcluir
  12. A foto é fun tástica, já para não falar no som do sorriso das folhas...
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  13. A foto é fun tástica, já para não falar no som do sorriso das folhas...
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  14. Lovely picture...I wish I could also understand the words...

    ResponderExcluir
  15. Hola Teca,
    Tu blog si es pura luz del sol... brillas y calientas y lo más importante das una calida compañia.
    Maravillosa foto, espectacular, así como la música que lo acompaña.
    También te mando unos besos calidos y suaves como alas de mariposa

    ResponderExcluir
  16. Querida amiga Teca, las fotos de cabecera y del post son muy bonitas al igual que el poema.
    Sonrisas y abrazos. Pasa una feliz semana.

    ResponderExcluir
  17. La foto es preciosa y está muy acompasada con la música de Caetano Veloso y el poema es una maravilla.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  18. Madre mía Teca, parece que estás dentro de mi mente. Amapolas, Pessoa y Veloso, puf!!! menuda maravillosa combinación. Siempre consigues sobrecogerme. Un beso y un abrazo enorme.

    ResponderExcluir
  19. Bonita a música, bonita a foto, lindas as palavras!
    Post encantador!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  20. Pessoa habla desde el epicentro de la vida y de la belleza al corazón de Teca y de todos sus lectores. Hermoso vídeo para la canción de Caetano.

    "¿Quien guarda sin puñal como las encarnadas amapolas su sangre?" P. Neruda

    Graaaaaaaande abrazo desde las amapolas para Teca!!!

    ResponderExcluir
  21. Querida,Teca, deberías enseñarnos como haces para combinar a la perfección, imágenes, musica y palabras.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  22. Um lindo poema. Li com grande, grande prazer... Todos os bons pensamentos da Roménia! E a foto do Sr. Antonio Campillo é maravilhosa.

    ResponderExcluir
  23. Que belo trabalho com o cruzamento de sensações.
    Linda escolha.
    Beijos.
    Jefferson

    ResponderExcluir
  24. Fantastico,como siempre,saludos.

    ResponderExcluir
  25. Belo poema e vídeo! Como é maravilhoso para visitar, um belo lugar com árvores e água corrente. Tenha uma ótima semana!

    ResponderExcluir
  26. Querida amiga

    Há nas palavras
    de Pessoa,
    o maravilhoso
    conversar
    com a vida...

    Para cada dia,
    um novo sonho...

    ResponderExcluir
  27. Lindíssimo, o poema, a música e as imagens. Obrigada. Bj

    ResponderExcluir
  28. Belo poema
    e também bom vídeo
    amiga olhar retrata muito
    linda noite bjs

    ResponderExcluir
  29. Hola Teca.
    Bonita foto de este magnífico paisaje. Un colorido estupendo.
    Un abrazo desde Doña Mencía

    ResponderExcluir
  30. Un campo muy hermoso, amiga teca.
    Ese mar rojo de amapolas es un poema visual que combina muy bien con esos deliciosos versos.

    Aquí en el sur de España, hemos tenido un año muy seco y un verano muy caluroso. Por fin, llegaron las esperadas lluvias. Parece que va a terminar la sequía.

    Un saludo alegre desde Andalucía.

    ResponderExcluir
  31. Uma paisagem muito bonita, teca amigável.
    Esse mar vermelho de papoulas é um poema visual que vai bem com estes versos encantadores.

    Aqui no sul da Espanha, tivemos um ano muito seco e um verão muito quente. Finalmente, as chuvas esperadas veio. Parece definido para acabar com a seca.

    Uma saudação alegre de Andalucía.

    ResponderExcluir
  32. Sonhei, apreciei e entendi a poesia!
    "O que seria do homem sem a natureza e a poesia?
    Lindo demais! Beijo

    ResponderExcluir
  33. Hola querida Teca.
    Preciosa imagen, belleza pura.
    Pessoa un gran autor, lo estudié en el Taller de literatura.
    Un besito

    ResponderExcluir
  34. A foto do Antonio é belissima, e este poema de Pessoa que eu ainda não conhecia, lindo demais!

    Bjus

    ResponderExcluir
  35. Adorei a foto do Antonio Campillo, deleitei-me com o poema « Sorriso audível das folhas» do Fernando Pessoa e amei o vídeo « Luz do Sol» com a voz de Caetano Veloso. Um post merecedor de uma vénia pelo bom gosto e requinte, amiga Teca.
    beijinho amigo e uma flor.

    ResponderExcluir
  36. Comenzó..., todo comienza cuando hay esperanzas...

    Un abrazo...

    ResponderExcluir
  37. A Teca, proprietária do blogue "Sedimentos", mais uma vez nos surpreende com uma harmoniosa combinação de poesia e imagem: o poema "Sorriso Audível das Folhas" de Fernando Pessoa e o campo vermelho de papoilas.
    Um dia, também eu me surpreendi com um campo vermelho de papoilas e também tirei uma fotografia; e isso foi em Vendas Novas num terreno baldio pegado a uma antiga vivenda perto da estação dos caminhos de ferro onde por décadas viveu e criou família um meu tio-avô.

    OBS: Comentário também publicado no blogue Sentires Sentidos - poemas da minha preferência
    http://www.sentirsentidos.blogspot.com

    ResponderExcluir