domingo, 30 de outubro de 2011

Os versos que te fiz



foto: internet


Deixa dizer-te os lindos versos raros 
Que a minha boca tem pra te dizer!
São talhados em mármore de Paros
Cinzelados por mim pra te oferecer.

Têm dolência de veludos caros,
São como sedas pálidas a arder...
Deixa dizer-te os lindos versos raros
Que foram feitos pra te endoidecer!

Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda...
Que a boca da mulher é sempre linda
Se dentro guarda um verso que não diz!

Amo-te tanto! E nunca te beijei...
E nesse beijo, Amor, que eu te não dei
Guardo os versos mais lindos que te fiz!

Florbela Espanca




If I could be where you are - Enya
  


53 comentários:

  1. Hermoso poema, no menos hermosa fotografía y melancólica música.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. magico y sutil poema para tiempos burdos y precipitados.saludos

    ResponderExcluir
  3. Precioso tus versos. Gracias por participar en "Los Espiritus de Haddock".

    ResponderExcluir
  4. Siempre regalandonos bellos poemas y para ello que mejor que acompañarlo con una bella y delicada imagen como esta, un besito para ti Teca.

    ResponderExcluir
  5. Mooi gedicht Teca....bijzonder goed gedaan.

    Zoenen van , Joop

    ik wens je een fijne zondag toe.

    ResponderExcluir
  6. wladimir, inspiração de fim de semana.
    Um beijo para ti também.

    oteador, tempos que precisam ser suavizados...
    Besos.

    Bake, welcome here!
    It'll be a pleasure to receive you at other times.
    Big hug.

    seva, imagem e versos que se encontram...
    Um "besito dulce" para ti também, amigo jose luis.

    Joop, a wonderful Sunday to you too, honey, and a nice week!
    Warm hug and love.

    ResponderExcluir
  7. Cudowne zdjęcie pięknie pasuje do wiersza. Pozdrawiam

    ResponderExcluir
  8. Todos los que formamos parte de los Espíritus de Haddock, damos la bienvenida como nueva seguidora a teca; ya seas como una suave brisa o como un fuerte viento, tu compañía y tus poesías nos llenan de dulces sensaciones.

    ResponderExcluir
  9. Hello! Well done ...beautiful poem...

    ResponderExcluir
  10. Lindo poema este. Gosto muito de Florbela espanca. A música e a foto estão em harmonia com as palavras, como sempre:)).
    Aqui nesta tua casinha é sempre tudo muito doce, é bom...:))

    1 beijinho

    ResponderExcluir
  11. esta Flor Bela encanta em tantos versos,


    beijo

    ResponderExcluir
  12. Giga, thanks for your visit and friendly comment.
    Hugs.

    Bake, seja bem-vindo aqui também! Nesse espaço você poderá encontrar música de todos os estilos, imagens belíssimas, poesia e amizade sincera.
    Obrigada pela visita.
    Um beijo carinhoso.

    Amin, welcome, honey!
    Warm hugs.

    Rute, doces são suas palavras de incentivo. Obrigada pelo carinho.
    Beijo afetuoso.

    Assis, que bela flor ela se parece... com versos que encantam em todos os cantos. :))
    Beijo.

    ResponderExcluir
  13. Versos num poema lindo que amplia a beleza deste blogue.

    Bjs mil

    ResponderExcluir
  14. Thank you for sharing a very beautiful poem with us. I hope you're having a wonderful weekend.

    ResponderExcluir
  15. Hello Teca,

    I have the text as a translator to convert, but it was definitely worth it. Beautifully written and framed with a beautiful picture.

    Greetings from Holland by Helma

    ResponderExcluir
  16. Florbela, Enya e uma linda foto, todos reunidos num ótimo post. Adorei.
    Um ótimo domingo para você.

    ResponderExcluir
  17. Ciao Teca. La foto è favolosa: la bocca di una donna che cerca di bere la rugiada di una rosa. Veramente bella e naturalmente non da meno il testo che l'accompagna. Buona serata domenicale.

    ResponderExcluir
  18. Hermosos versos, hermosos besos. Lástima que la traducción no los favorece! Pero llego a comprender el original.
    Un beijo muito carinhoso, amiga Teca!

    ResponderExcluir
  19. Paulo, que delícia saber isso... obrigada pelo carinho.
    Um beijo de domingo e desejos de uma ótima semana.

    George, when I have something nice I will show my dear friends.
    Hugs, sir!

    Helma, you're welcome in the Sedimentos. You can come here anytime you want or can. I'll be waiting for you...
    A very warm hug from Brasil.

    Roberto, assim o domingo fica melhor ainda: Florbela, Enya, uma linda foto e o seu comentário, todos reunidos num ótimo domingo! :)
    Um beijo carinhoso.

    Luis, welcome, honey!
    Hugs and love.

    Elio, obrigada pelas suas palavras tão carinhosas e delicadas. Que você tenha um ótimo domingo e uma semana maravilhosa.
    Um abraço caloroso e terno.

    Steki, amiga minha, eu tentarei fazer o possível!!! Veja se pode entender o meu parco espanhol traduzido de além:
    "Deja decirte los lindos versos raros
    Que mi boca tiene para decirte!
    Son tallados en mármore de Paros
    Cinzelados por mí para ofrecerte.
    Tienen dolência de veludos caros,
    Son como sedas pálidas a arder...
    Deja decirte los lindos versos raros
    Que fueron hechos para te endoidecer!
    Pero, mi Amor, yo no te los digo aún...
    Que la boca de la mujer es siempre linda
    Si dentro guarda un verso que no dice!
    Te amo tanto! Y nunca te beijei...
    Y en ese beso, Amor, que yo te no di
    Guardo los versos más lindos que te hice!"
    Um beijo imenso e um abraço pra lá de caloroso, minha amiga querida!!!

    ResponderExcluir
  20. Esos labios que guardan versos para una piel que nunca llegaron a rozar…
    Que no desesperen…

    Un abrazo…

    ResponderExcluir
  21. Hermosas letras y preciosa fotografía Teca, un beso guapa.

    ResponderExcluir
  22. ah! que lindo
    queria ler esses
    versos,
    que guardará
    linda semana
    bjs

    ResponderExcluir
  23. Florbela me dói e dessa vez não foi diferente.

    Beijo grande, Teca.

    ResponderExcluir
  24. Un poema maravilloso y de un contenido romàntico.

    Me ha gustado mucho

    un fuerte saludo

    fus

    ResponderExcluir
  25. Javier, há que se aproveitar a oportunidade se esta aparecer...
    Um grande e caloroso abraço...

    Jose, tão feliz de te rever por aqui, guapo!
    Um beso e boa semana.

    Fernanda, os versos serão anunciados na primeira oportunidade que surgir... :))
    Beijocas.

    Luna, Florbela é intensa e invade a nossa alma profundamente.
    Beijinhos para ti.

    fus, obrigada pela visita e pelo comentário. Tenha uma ótima semana.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  26. Florbela sabe sabe sabe de amor, cuando uno se enamora, a veces las palabras y los versos no alcanzan a manifestar ese amor que quiere salir.
    No son suficiente palabras, ni siquiera los mismos besos, a veces el amor llega a ser tan inmenso que los hechos humanos quedan muy pequeños.
    Hermoso poema ilustrado con una hermosa fotografía.
    Un abrazo grande querida teca!!!

    ResponderExcluir
  27. Olá Teca, belo poema...Espectacular....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  28. Felice Halloween :)
    Gio'
    http://remenberphoto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  29. Entre tanto vértigo tus palabras son casi un bálsamo.
    Saludos.

    ResponderExcluir
  30. Quanta doçura ^^
    te seguindo flor.
    Beijos e sorrisos***

    ResponderExcluir
  31. No entiendo el portugués, pero si entiendo esos labios de mujer besando la rosa roja, empapada de rocío. Una foto muy bella. La música de Enya preciosa también. Un abrazo

    ResponderExcluir
  32. Si la dulzura tuviera nombre propio se llamaría como tu :)

    Besazos Teca, bonita

    ResponderExcluir
  33. Aristos, exatamente isso: às vezes, o amor é tão imenso que não tem palavras que o caiba.
    Um abraço enorme e caloroso para ti. Já está valendo a campanha do "abraço grátis"! :))

    Fernando, obrigada pela visita.
    Um beijo.

    Marias, welcome, dear!
    Hugs.

    Gio', felicidades, amigo!
    Um beijinho.

    Miguel, que conforto o seu comentário. Obrigada.
    Beijocas.

    Vanessa, seja bem-vinda. Muito obrigada pelas suas palavras tão carinhosas... que delícia ser chamada de flor!!! :))
    Beijinhos para ti e um sorriso imenso!!!

    Juan, então você não entende nada do que eu falo? Use o tradutor que fica no canto superior direito do blog. Ele auxilia um pouco. Querendo, também poderá utilizar esse tradutor (mas é de português de Portugal para espanhol):
    http://traductor.interbusca.com/portugues-espanol/
    De qualquer forma, segue a tradução que eu tentei para uma amiga:
    "Deja decirte los lindos versos raros
    Que mi boca tiene para decirte!
    Son tallados en mármore de Paros
    Cinzelados por mí para ofrecerte.
    Tienen dolência de veludos caros,
    Son como sedas pálidas a arder...
    Deja decirte los lindos versos raros
    Que fueron hechos para te endoidecer!
    Pero, mi Amor, yo no te los digo aún...
    Que la boca de la mujer es siempre linda
    Si dentro guarda un verso que no dice!
    Te amo tanto! Y nunca te beijei...
    Y en ese beso, Amor, que yo te no di
    Guardo los versos más lindos que te hice!"
    Um grande abraço para ti.

    DANI, você me deixou vermelha igual a morango... :)) que doce é você, guapo. Obrigada pela acariciada na alma.
    Beijos imensos!!!!

    ResponderExcluir
  34. La música muy bien elgida. hermoso poema para una poeta de una vida corta, intensa y dramática.
    Un beso Teca
    :)))

    ResponderExcluir
  35. Hermoso poema y fabulosa imagen.
    Saludos.

    ResponderExcluir
  36. DUETO
    Florbela Espanca/ Francisco Coimbra

    ‘Deixa dizer-te os lindos versos raros’
    Onde eu me encontro quando venho
    ‘Que a minha boca tem pra te dizer!’
    De ler no calor das nossas emoções?
    ‘São talhados em mármore de Paros’
    As cinzeladas formas da pedra tenho
    ‘Cinzelados por mim pra te oferecer.’
    Em meu sentimento como ilusões.

    ‘Têm dolência de veludos caros,’
    São à paixão dos corpos movimento
    ‘São como sedas pálidas a arder...’
    Tendo onde vou lendo meus dedos,
    ‘Deixa dizer-te os lindos versos raros’
    Escrevendo versos ditados alimento
    ‘Que foram feitos pra te endoidecer!’
    Querendo te excitar a dar sem medo.

    ‘Mas, meu Amor, eu não tos digo ainda...’
    Penso com desmedida beleza o pensar
    ‘Que a boca da mulher é sempre linda’
    Na usura da beleza perder a formosura,
    ‘Se dentro guarda um verso que não diz!’
    É dito duma vez logo no primeiro olhar.

    ‘Amo-te tanto! E nunca te beijei...’
    Beijo com pétalas da Rosa ao sonhar-te
    ‘E nesse beijo, Amor, que eu te não dei’
    No interior do abraço que se perdura…
    ‘Guardo os versos mais lindos que te fiz!’
    E meu sonho é dar-te a poesia em arte!

    Tendo por Mim a Florbela Espanca, quereria ser Assim e responder assim:

    MEU SONHO

    Onde eu me encontro quando venho
    De ler no calor das nossas emoções?
    As cinzeladas formas da pedra tenho
    Em meu sentimento como ilusões.

    São à paixão dos corpos movimento
    Tendo onde vou lendo meus dedos,
    Escrevendo versos ditados alimento
    Querendo te excitar a dar sem medo.

    Penso a desmedida beleza do pensar
    Sem usura à beleza dada formosura,
    É dita de vez, logo ao primeiro olhar.

    Beijo de pétalas da Rosa ao sonhar-te
    Interior dum abraço que se perdura…
    Meu sonho é dar-te a poesia em arte!

    Quem seja Assim ou eu, neste poema, é a Mim escrito. Não assim em palavras posto, ainda em pensamento, sonhado canto no encanto de sentir, a emoção da poesia!
    Teca,
    Sempre cheia de belas escolhas! Bjs

    ResponderExcluir
  37. Siempre estupenda amiga.

    Saludos y un abrazo.

    ResponderExcluir
  38. Bonitos versos y acompañados por Enya y esa bella rosa lucen mucho más.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  39. Que maravilla, que dulcura, precioso trabajo, me encanta. Un beso.

    ResponderExcluir
  40. Hallo Teca,

    ik moest je gedicht even op een vertaalmachine zetten, want anders kon ik het niet lezen.

    Ik heb weer genoten van je liedesgedicht. Ook deze is weer omlijst met een prachtige foto.

    Groetjes, Helma


    Olá Teca,

    o poema que eu tinha acabado de colocar um tradutor, porque senão eu não conseguia ler.

    Eu gostava de seu liedesgedicht novamente. Além disso, este é novamente moldado com uma bela imagem.

    Saudações, Helma

    ResponderExcluir
  41. E que soneto maravilhoso...

    Me deliciei demais!!!

    Lindo!

    ResponderExcluir
  42. Bastidas, é sempre um prazer te receber aqui, amigo. Obrigada por passar...
    Um beijo afetuoso.

    Javier, gracias!!!! :))
    Beijos.

    Francisco, que mágico!!! A inspiração te pega de sopetão e você se atreve com os versos. Que beleza a combinação de palavras e sentimentos.
    Um beijo muito carinhoso, artista das letras. :))

    António, que bom que gosta de estar por aqui...
    Grande abraço para ti, poeta.

    Jesús, a combinação se deu através de pura inspiração...
    Um beijinho.

    Japy, agradecida pela visita.
    Besos.

    Salvador, fico tão feliz de te ver por aqui. Você é tão talentoso com os cliques da natureza... sou fã da sua arte fotográfica!!!
    Beijo carinhoso.

    Helma, thank you for your kind comment, dear!!!
    Warm hug from Brasil.

    MAILSON, é tão bom saber que alllguém se encanta com meus gostos combinados.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  43. Un sorriso per te smak..
    Gio'
    http://remenberphoto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  44. Os melhores poemas, o mais bonito, sempre vêm. Assim, a poesia nunca morre.
    Saúdo com afecto, Teca.
    ---------
    Los mejores versos, los más lindos, siempre están por llegar. Por eso la poesía nunca muere.
    Saludos afectuosos, Teca.

    ResponderExcluir
  45. versos, boca, mujer, amor; ¿Cuantas canciones y poemas se pueden hacer con estas mágicas palabras?
    Un beso

    ResponderExcluir
  46. Gio', um beijo doce para ti, querido. :)

    Fcº Javier, justamente... a inspiração é infinita!
    Um beijo afetuoso para ti.

    Jose Antonio, o amor inspira sem limites...
    Um beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  47. Gracias amiga Teca por la traducción del poema, es precioso. Un gran detalle por tu parte. Un abrazo desde Doña Mencía

    ResponderExcluir
  48. Juan, fico feliz que tenha gostado...
    Beijo carinhoso.

    Penélope, saudade de ti...
    Um beijo afetuoso e flores para recebê-la. :))

    ResponderExcluir
  49. Eu amo poemas que você colocou no seu blog. Eu gosto muito e eu escrevo poemas também. O último poema que fiz foi sobre a minha namorada, sobre seu cabelos cacheados e do movimento ao caminhar.

    ResponderExcluir