domingo, 10 de julho de 2011

Silêncio

 foto: internet


Así como del fondo de la música
brota una nota
que mientras vibra crece y se adelgaza
hasta que en otra música enmudece,
brota del fondo del silencio
otro silencio, aguda torre, espada,
y sube y crece y nos suspende
y mientras sube caen
recuerdos, esperanzas,
las pequeñas mentiras y las grandes,
y queremos gritar y en la garganta
se desvanece el grito:
desembocamos al silencio
en donde los silencios enmudecen.

Octavio Paz

49 comentários:

  1. Há silêncios que falam mais verdades que pudessemos expressar.

    Lindo seu blog... Um recanto de muito bom gosto. Parabéns!

    Voltarei sempre que puder para apreciar :)

    Beijos e uma semana maravilhosa,

    Tânia Camargo

    http://taniadecamargo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ola!

    Obrigada, por pasearte por mi blog y obrigada por compartir tus publicaciones, yo nunca habia leido este poema de Octavio Paz, y me ha gustado mucho. Estoy de acuerdo con Tania, hay silencios que dicen mas que mil palabras, eso si que es una verdad universal.

    Gracias =)

    ResponderExcluir
  3. Buenos dias amiga poeta,te deseo
    un feliz despertar y que el dia trascurra sin problema.
    Juan

    ResponderExcluir
  4. Teca grande poema

    Obrigado pela sua visita semana feliz.
    saudações de
    Texto do resumo e reflexão.

    ResponderExcluir
  5. Que bello escribe Octavio Paz, siempre nos aportas lo mejor Teca, que tengas una feliz semana y un abrazo para ti

    ResponderExcluir
  6. very nice again..... well done honey.

    hugs, Joop

    ResponderExcluir
  7. Sempre com o nível muito alto, continuas a ter posts maravilhosos. Um beijo e uma boa semana.

    ResponderExcluir
  8. Muy buena fotografía estupendamente complementada por la poesía del gran Octavio Paz.
    Que tengas una excelente semana.
    Un abrazo.
    Ramón

    ResponderExcluir
  9. Una hermosura. Gracias Teca por compartirla.

    ResponderExcluir
  10. ¡Hola Teca!
    Es muy bella esta poesía, que va de la música al silencio, del silencio al grito y otra vez al silencio. ¡Cuánta actividad en el alma humana!
    El paisaje me encanta, con esta montaña suavemente recortada por el camino.
    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  11. Um poema fantastico, é uma excelente escolha, adorei

    Parabens

    ResponderExcluir
  12. O silêncio com uma olhada cúmplice de amor, compõem a paisagem mais bela...

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  13. El poema es a la vez sencillo y profundo. El escritor es magnífico.
    :)))

    ResponderExcluir
  14. Estupenda entrada con un texto fenomenal, al igual que la foto que inspira tranquilidad, saludos...

    ResponderExcluir
  15. O silêncio vibra como um silvo que atravessando o espaço,ensurdece o espírito e abafa o grito que teimosamente não libertamos!

    Boa semana, Teca.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  16. The silence of a scene like this speaks volumes.

    ResponderExcluir
  17. Tânia, obrigada pela visita tão carinhosa e dedicada.
    Seja bem vinda... amor e carinho não te faltarão por aqui.
    Fique à vontade para voltar quando quiser ou puder. Estarei te esperando...
    Um beijo com muito afeto.

    Foforito, gosto sempre de conhecer os blogs das pessoas que vêm me visitar. É um prazer para mim poder compartilhar as coisas boas que leio, que escuto e vejo.
    O silêncio diz tanto... mas confesso que meus olhos dizem um pouco mais...
    Um beijo carinhoso.

    JUAN, obrigada pelos lindos desejos.
    Um beijo para ti com o meu amor sincero.

    José, obrigada você também por vir sempre aqui me visitar e me fazer companhia.
    Um beijo afetuoso, amigo.

    Paco, tenho alguns outros poemas dele; outra hora eu posto mais.
    Tenha uma ótima semana, querido.
    Um forte abraço brasileiro. ;)

    Joop, thanks again, my friend.
    Have a nice week.
    Warm hugs and love.

    Wong, it's really wonderful!
    Hugs.

    Amin, a sound of silence...
    Hugs and love.

    ZECARLOS, obrigada pelo enorme elogio. :O
    Um beijo imenso, querido.

    Ramón, obrigada, mestre.
    Uma bela semana para ti também.
    Beijos.

    Fernando, obrigada.
    Beijinhos.

    Luis, gracias, mi amigo! :))
    Welcome!
    Hugs.

    clariana, a poesia preenche os meus dias, como o som, a imagem... tudo me rejuvenesce a alma... inclusive o silêncio.
    Um beijo afetuoso para ti.

    CHRIS, I'm so glad to see you here again, honey!
    Thank you. :))
    Warm hug.

    António, é um prazer a sua visita. Seja bem-vindo.
    Daqui a pouco vou conhecer o seu espaço também.
    Um grande abraço.

    Javier, quanta verdade em suas palavras...
    Um abraço para ti também, com o calor humano brasileiro.

    RGC, seja bem vindo... e obrigada pelo comentário.
    Fique à vontade. :))
    Um beijo.

    Fer, uma tranquilidade deliciosa... um abraço silencioso.
    Boa semana.
    Beijos.

    Armindo, uma intensa inspiração as suas palavras.
    Obrigada pelo carinho da visita.
    Boa semana e beijos com amor.

    George, yeah!
    Hugs.

    ResponderExcluir
  18. Una foto che si esprime da sola :)
    Gio'
    http://remenberphoto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Todos lo silencios guardados ;)

    ResponderExcluir
  20. Teca, unha fermosa entrada.
    Saudaçoes.

    ResponderExcluir
  21. ¡Hola Teca!
    El silencio habla en el interior de los corazones del Ser Humano.

    Besos.

    ResponderExcluir
  22. Que paisagem maravilhosa! Essa estradinha sinuosa, deve ser o caminho para esse blog tão singelo.
    Um grande beijo minha amiga querida Teca.
    Por aqui, tudo continua numa profusão de bom gosto.
    Milhões de beijos, Paulinho.

    ResponderExcluir
  23. Amiga mia,eres tan dulce como tus poesias Juan

    ResponderExcluir
  24. Hola Linda Flor.
    Este poema es una cascada de palabras que brotan sin mojar...
    un beso.

    ResponderExcluir
  25. Esse poema do Actavio Paz é lindo. Silêncio as vezes nós mostra algo muito mais profundo do que qualquer palavras. Um abraço querida!

    ResponderExcluir
  26. Gio', bom te ver aqui...
    Um beijo doce, querido. :))

    wladimir, percebidos e sentidos...
    Beso...

    Enrique, obrigada, querido.
    Um beijo.

    Fernando, e pode se manifestar através de um olhar...
    Beijo carinhoso.

    Paulinho! Que delícia de visita! Fico super feliz!
    Milhões de beijos pra você também e para os meninos da velocidade. Ficarei de olho nas suas reportagens!
    Felicidades, querido.

    JUAN, falando assim você me deixa açucarada... :))
    Um beijo afetuoso.

    APU, os poemas sempre nos trazem algo de belo, não é mesmo?
    Um beijo com amor, amigo.

    Smareis, é sim... às vezes vale mais que muitas palavras...
    Um forte abraço para ti.

    ResponderExcluir
  27. Teca,te convertiste en seguidora de mis fotografias,tus comentário de ellas son pura poesia.
    Abrazos desde Andalucia

    ResponderExcluir
  28. É um lugar diferenciado.

    Sempre bonito.

    Sempre acalentador.

    Sempre otimista.

    Sempre a Teca.

    ResponderExcluir
  29. Siempre geniales las cosas que nos dejas.

    Saludos y un abrazo.

    ResponderExcluir
  30. Tenho alguns dias assim, que só apetece silêncio...Mas também existe o silêncio ensurdecedor, que é terrível!

    ResponderExcluir
  31. JUAN, acho que de tanto que eu leio poesia, eu acabo esboçando uns versos. :))
    Um beijo, querido.

    oliver, e você... Sempre meu amigo incondicional!
    Não dá para esconder que eu fiquei emocionada com sua visita inesperada.
    O velho ditado ainda funciona: "Quem é vivo sempre aparece".
    Ah... Volta de vez em quando... :))
    Um beijo imenso para ti, gauchinho!

    António, geniais são seus versos, poeta.
    Um beijo carinhoso.

    Pinhas, silêncio para relaxar, ouvir o som da natureza, descansar... mas infinitamente sem ruído não sei se dá para ficar...
    Um beijo.

    Faysal, welcome again! :))
    Hugs.

    ResponderExcluir
  32. Bonito poema Teca e um bom mote para quando estiver a sobrevoar este teu belo país que hoje abracei.

    ResponderExcluir
  33. Bonita foto y Octavio..que decir. espero que te guste el mio. Un saludo.

    ResponderExcluir
  34. Que bellos son algunos silencios y sin embargo otros resultan tan incomodos. Besos.

    ResponderExcluir
  35. Me encanta Octavio Paz y me encanta este blog!

    ResponderExcluir
  36. Miguel, quanto tempo... feliz de te ver por aqui...
    Um beijo carinhoso.

    alp, seja bem-vindo. Obrigada por sua visita. Apareça quando puder.
    Um beijo.

    chig, welcome!
    Hugs.

    Japy, o silêncio é bom para deixar que a alma descanse, reflita, relaxe...
    Um beijo afetuoso.

    H., obrigada por sua visita atenciosa. Fique à vontade para voltar quando puder.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  37. I was a little confused when Google Translate completely failed this time but a little web surfing and I soon had the correct translation. Beautiful as always, dear Teca. Hope you have a beautiful weekend.

    ResponderExcluir
  38. Recibo con satisfación tu comentário a mi foto.
    Un fuerte abrazo

    ResponderExcluir
  39. Querida Teca,

    Há silêncios que gritam!!!


    Beijos... e saudades!
    AL

    ResponderExcluir
  40. Teca feliz fin de semana
    Un cordial saludo desde…
    Abstracción textos y Reflexión.

    ResponderExcluir
  41. Chip, thank you, honey.
    Hope you understood the poem.
    Have a good weekend.
    A warm hug.

    JUAN, eu gosto de visitar o seu blog, de visitar você.
    Um lindo fim de semana, querido.
    Um beijo imenso e afetuoso.

    AL, é verdade... e gritos tão silenciosos...
    Um beijo enorme, querido.

    José, feliz fim de semana para você também.
    Um beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  42. Sabes? cada vez adoro mas el silencio ;)

    ResponderExcluir
  43. Mamuchi, eu também... :))
    Beijinhos.

    ResponderExcluir