sábado, 8 de janeiro de 2011

Elucubrações



foto: Juan Fuentes

De repente, introspecta em seu silêncio, 
a alma lírica passa a falar de amor. 
É quando no papel se desenham palavras que encantam ao dizer sobre a saudade, a desilusão, a dor, a vida, o reencontro... 
É assim que nasce um poeta.

Carlos Orlando Fonseca de Souza

22 comentários:

  1. (...)"a alma lírica passa a falar de amor".

    A Poesia nasce quando a alma quebra as amarras do silêncio.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  2. Hola teca!! me gusta la nueva plantilla de tu blog , te a quedado muy bonito. Respecto a mi brazo escayolado esta bien gracias por tu interés ,dentro de poco estaré de nuevo en marcha. Un abrazo

    ResponderExcluir
  3. hello sunshine!!:))Beautiful poem!!!

    It is always nice to come to your blog:)))

    thnx for nice comment to me!!:)))

    Many hugs and kisses:))

    ResponderExcluir
  4. Lídia, disseste uma grande verdade.
    Obrigada por vir aqui.
    Um beijo.

    SKIZO, que bom! :)
    Beijinhos.

    trota, fiquei bem feliz de saber que você está melhor e que poderá sair andando por aí desbravando as rotas tão bonitas do seu país. Eu ficarei no aguardo dos seus relatos e fotos. Continuarei sonhando...
    Um beijo terno e bom domingo, querido.

    Anita, many kisses and a great Sunday!
    Thank you for sharing love.

    ResponderExcluir
  5. o poeta nasce do seu próprio caos, quando a alma quer voar


    beijo

    ResponderExcluir
  6. Bello poema; nunca habia leido uno asi sobre el ser como nace un poeta. Gracias,
    Jorge

    ResponderExcluir
  7. A poesia existe porque sentir somente é pouco.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  8. Lovely poem and that photograph is equally as beautiful.

    ResponderExcluir
  9. Ah teca - poetry, the balm of life ! A lovely post again.

    Have a wonderful weekend; beijos from me, so I leave you a comment AND a kiss !

    Oh, and I love your header ! A lovely place to sit and contemplate.

    ResponderExcluir
  10. It´s again a lovely poem, and a nice photo, too. Must be nice to sit and read there;)Wonderful Sunday, thanks for the funny link;) was great! Love, mARTy

    ResponderExcluir
  11. So simple, butt still telling more than 1000 words

    Well done

    ResponderExcluir
  12. Preciosa imagen de colores y contrastes,Gracias por el comentario. Buen fin de semana Un abrazo
    ¡¡Feliz año 2011!!

    ResponderExcluir
  13. ¡Hola Teca! Las palabras tienen mucha fuerza, y más cuando las utilizamos en forma de poesía para expresar las emociones y los sentimientos.

    Utilicemos el valor positivo de las palabras, al igual que utilizamos los pensamientos positivos.

    Besos.

    ResponderExcluir
  14. De jovencito escribí las primeras palabras rimbombantes que me vinieron a la cabeza y se las enseñé a un amigo y me dijo: " escribe cuando tengas algo que decir", y en ese mismo momento me di cuenta que tenía razón. Ese día no nació un poeta. Muy bonito el video que me enviaste, muchas gracias, besos.

    ResponderExcluir
  15. A poesia nos traz a sensibilidade que aflora e salta de si.

    É uma pena que hoje meu papel traga palavras tristes, mas nada que o tempo não se encarregue de cuidar.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  16. Assis, e quando a alma voa... ahhhhhhh..
    Beijo.

    Jorge, bom te ver aqui, amigo!
    Um beijo terno.

    Lua, sentir é tudo!
    A poesia é o sentir não consumado às vezes.
    Beijinhos.

    Randy, thank you, dear!
    Hugs.

    Rick, very glad to see you here.
    I love your comments.
    I love your beijos!
    Thank you for you being here!
    Great week to you and your.
    Many, many beijos.
    With love.

    mARTy, I love when you come here and leave your heat.
    I'm grateful to have you "known"!
    Beijos e queijos and ...
    ...much love.
    Yours.

    Costea, best wishes, honey!
    Hugs.

    Tommy, thank you!
    Kisses.

    José, boa semana pra você, amigo.
    Um forte abraço.

    Fernando, sábias também são suas palavras, amigo!
    Boa semana.
    Um beijo carinhoso.

    Leovi, as palavras devem ser ditas no momento do sentir, mas nem sempre isso é possível, por isso existem os poemas.
    Beijo grande, querido.

    Lu, a tristeza também faz parte do crescimento, do sentir...
    Obrigada por vir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. me saw:
    how a tree
    could
    transform
    as a chair..

    as a tree -
    it gives shadow..
    as a chair -
    it gives rest..

    another beautiful picture..

    ResponderExcluir