sexta-feira, 17 de setembro de 2010

O homem e o mar


foto: Playa panorámica - Alberto Cervantes


Homem livre, hás de sempre amar o mar,
O mar é teu espelho e contemplas a mágoa
Da alma no desdobrar infindo de sua água,
E nem teu ser é menos acre ao se abismar.

Apraz-te mergulhar em tua própria imagem;
O olhar o beija e o braço o abraça, e o coração
No seu próprio rumor encontra distração,
Ao ruído desta queixa indômita e selvagem.

Mas ambos sempre sois tenebrosos e discretos:
Homem, ninguém sondou teus fundos abismos,
Mar, ninguém viu jamais teus tesouros íntimos,
Porque muito sabeis guardá-los secretos!

Porém passados são séculos inumeráveis
Sem que remorso ou pena a vossa luta corte,
De tal modo quereis a crueldade e a morte,
Ó eternos rivais, ó irmãos implacáveis! 

Charles Baudelaire 


21 comentários:

  1. You make my day , Teca
    again so lovely.

    big hug and kisses, Joop

    ResponderExcluir
  2. Cuantas cosas nos podría contar el mar, vida, muertes...., pero hay que quedarse con lo positivo, el mar es el espejo... de todos. Un abrazo amiga Teca

    ResponderExcluir
  3. Dolce Teca ti auguro un buon w.e.
    Gio'

    ResponderExcluir
  4. Lindo poema de Baudelaire. O homem e o mar numa bela comparação. Um beijo.
    Jefferson.

    ResponderExcluir
  5. Imagen y poema sorprendetemente encantador, un besito con afecto de Jose para ti Teca.

    ResponderExcluir
  6. Joop, I'm very, very happy to know that. Thank you for your comments always sweet. Have a great weekend.
    Kisses with love.

    Paco, querido, obrigada pelas palavras.
    Um forte abraço, amigo!

    Allison, it's very beautiful, isn't it?
    A big hug.

    Gio', obrigada, meu lindo!
    Beijo carinhoso.

    Jefferson, sua presença é sempre uma honra! Obrigada.
    Beijo com ternura.

    seva, é sempre um prazer vê-lo por aqui...
    Um forte abraço e um beijo terno.

    ResponderExcluir
  7. Hi Teca..beautiful woman..you have such nice post..

    "The sea is your mirror and behold sorrow
    The soul in an endless unfolding of its water,..
    I am glad you dive into your own image;"

    The poem you have choosen of Baudelaire isso good..I love it..thanx for letting me think and dream away!!))Besos!!))

    ResponderExcluir
  8. Anita, thanks for your visit so kind and so sweet words.
    I'm very happy to have people like you around here. Thank you! Come again! Whenever you can or want!
    Cheers!
    Kisses with love.

    ResponderExcluir
  9. Graças a vc vou sonhar com o mar (espero).Tenha uma boa noite , Teca, e um ótimo final de semana. Adoro sua energia positiva. Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Felipe, também gosto quando você aparece por aqui...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. fazia tempo que nao lia baudelaire.... anos ...
    obrigado.
    entao Teca...... como vai voce ?

    ResponderExcluir
  12. Caio, que bom ver você... eu estou indo... vou aparecer por "lás" hoje pra te visitar...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. I like this poem very much. I also like your new header.

    ResponderExcluir
  14. George, thank you! The photo of the friend seva, jose luis, from blog http://fotografia-seva.blogspot.com/
    Visit his space, it's worth.
    Kisses, dear.

    ResponderExcluir
  15. the waves are the places
    where there are cut..
    the cut in the flow -
    like the cut in the feels -
    her silence throws..

    so deep..

    ResponderExcluir
  16. Unas palabras preciosas.

    Felicidades Teca.

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  17. Alberto, que bom que veio... espero ter escolhido um poema à altura da sua fotografia tão exuberante.
    Obrigada mais uma vez pelo "empréstimo"!
    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir