terça-feira, 31 de agosto de 2010

Tem que ser agora

foto: MaRyLuz


Vamos supor que deva ser agora
enquanto é tempo e o tempo subsista...
Vamos supor que esse seja o tempo
que a hora passe e o dia não resista!

Vamos supor que as luzes da cidade
apaguem na avenida da memória...
Não sei o que será desse amanhã,
vamos supor que deva ser agora...

Suponhamos que o rio altere o curso
de seu destino inevitável de correr,
e a flor não venha mais a sublimar-se
no seu inexorável destino de nascer...

Vamos supor que a espera seja tanta
que o tempo não se lembre de passar.
Que a noite durma tanto nas calçadas
que a alvorada não consiga despertar...

É necessário então que seja agora
como o dia que chega embora tarde,
suponhamos ao menos que este seja
o instante inicial da eternidade! 

12 comentários:

  1. Aki também, uma dupla paixão...Magnífico!
    Beijos...

    ResponderExcluir
  2. Thanks for a beautiful poem and a beautiful picture.

    ResponderExcluir
  3. Teca, como sempre, suas palavras são grandes parabéns e obrigado por seu gentil comentário para passar uma boa semana

    ResponderExcluir
  4. Lovely poem and a nice picture Teca

    greetings and kisses, Joop

    ResponderExcluir
  5. George, thanks for visiting... I like it!
    Kisses.

    José, gosto quando você vem aqui, amigo!
    Felicidade!
    Beijos.

    Joop, thanks.
    Kisses...

    LAURENTIU, a big hug!

    Amin, good night, honey!
    Kisses and hugs.

    ResponderExcluir
  6. remind me the cry of me for her..
    that day may be wonderful..
    it may start with reading poems,
    hearing music,
    enjoying a movie,
    lot of smiles
    and play of words,
    holding hands -
    and part with tears..
    it may be eternal of my soul..

    she
    makes
    even my death
    painless for me -
    by her silence..

    ResponderExcluir
  7. arvind, the quiet, serene music of the soul ...
    A big hug.

    ResponderExcluir
  8. Gracias Teca por este bellísimo texto
    Un beso grande amiga
    B.

    ResponderExcluir
  9. Bastidas, bom você redescobrir os textos. Interessante que eu precisa rever esse escrito. Obrigada por fazê-lo "reaparecer".
    Um beijo carinhoso, querido.

    ResponderExcluir