domingo, 22 de agosto de 2010

Passagem da noite

foto: internet


É noite.
Sinto que é noite
não porque a sombra descesse
(bem me importa a face negra),
mas porque dentro de mim,
no fundo de mim,
o grito se calou,
fez-se desânimo.
Sinto que nós somos noite,
que palpitamos no escuro e em noite nos dissolvemos.
Sinto que é noite no vento, noite nas águas, na pedra.

E que adianta uma lâmpada?
E que adianta uma voz?

É noite no meu amigo.
É noite no submarino.
É noite na roça grande.
É noite,
não é morte,
é noite de sono espesso e sem praia.
Não é dor,
nem paz,
é perfeitamente a noite.

Mas salve, olhar de alegria!
E salve, dia que surge!
Os corpos saltam do sono,
o mundo se recompõe.
Que gozo na bicicleta!
Existir: seja como for.
A fraterna entrega do pão.
Amar: mesmo nas canções.
De novo andar:
as distâncias, as cores, posse das ruas.
Tudo que à noite perdemos se nos confia outra vez.

Obrigado, coisas fiéis!

Saber que ainda há florestas, sinos, palavras;
que a terra prossegue seu giro,
e o tempo não murchou; não nos diluímos!
Chupar o gosto do dia!
Clara manhã, obrigado, o essencial é viver!

Carlos Drummond de Andrade 


19 comentários:

  1. bonitas palabras para acompañar a una bonita imagen.

    ResponderExcluir
  2. Preciosos versos y la foto como siempre muy acorde con ellos. Saludos.

    ResponderExcluir
  3. As melhores noites são aquelas em que
    presto atenção no som do vento,
    do cantar do galo, que ouço agora
    um jato cruzando o céu, você
    estimulando meu pensamento,
    eu dentro da noite e a noite la fora...

    Bom domingo, Teca. Vc me dá sorte!

    ResponderExcluir
  4. La magia de la noche.
    Qué bien sabes unir poesía e imagen

    Besos

    ResponderExcluir
  5. Muy bueno!!!! como todas tus entradas querida amiga!!!


    Un saludo grande.-

    ResponderExcluir
  6. jose Marcos, surpresa boa, menino!
    Beijos e um ótimo domingo!

    Daniel, que bom te ver aqui novamente...
    Um grande abraço caloroso.

    Costea, thanks, honey!
    Kisses.

    Felipe, que coisa boa... eu te dou sorte? Que sorte! Ainda bem que você se recuperou! Se cuida!
    Beijo carinhoso.

    Begoña, beijos ternos, amiga!

    Alejandro, adoro poesia... adoro fotos... adoro tudo que me toca a alma!
    Um grande beijo afetuoso.

    ResponderExcluir
  7. Tienes una gran sensibilidad al elegir tus temas, Me gusta el poma mucho y la imagen le va muy bien
    Un beso y agradecida.

    ResponderExcluir
  8. Wersemei, obrigada! É uma honra receber o seu carinhoso comentário!
    Beijos e uma ótima semana.

    ResponderExcluir
  9. Beautiful photo and interesting words.

    ResponderExcluir
  10. Amin, thanks, honey!
    Kisses with love.

    ResponderExcluir
  11. Good picture and really nice words Teca.

    Warm reetings and kisses from Joop

    ResponderExcluir
  12. Joop, thank you, dear!
    A big and warm hug!

    ResponderExcluir
  13. muchas gracias por todos tus comentarios. Bss

    ResponderExcluir
  14. Franja, quanto tempo! Obrigada pela visita!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. Bonitas palabras y bonita foto. Un abrazo

    ResponderExcluir
  16. José, obrigada pela visita!
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  17. deep night..
    so deep..
    but once you reach the bottom -
    u will bounce back to light..
    just will bounce back..
    as the earth moving towards light -
    as the wind move towards clouds -
    as me move towards her..

    a dark always move towards light..

    that photo - the joy of those trees..
    just my heart is feeling them and
    want to live with them..

    ResponderExcluir