sábado, 21 de agosto de 2010

Alento

foto: internet



Quando mais nada houver,
eu me erguerei cantando,
saudando a vida
com meu corpo de cavalo jovem.

E numa louca corrida
entregarei meu ser ao ser do Tempo
e a minha voz à doce voz do vento.

Despojado do que já não há
solto no vazio do que ainda não veio,
minha boca cantará
cantos de alívio pelo que se foi,
cantos de espera pelo que há de vir.

Escorreu o dia como areia,
ficou a poesia amordaçada.
Mas a lua na madrugada,
pondo-lhe uma caneta
entre os dedos ordenou:
-Toda poesia deverá ser liberada!

E então fez-se verbo
da palavra aprisionada!
A voz da poesia acordou o dia,
e assustou a passarada! 

Caio Fernando Abreu




25 comentários:

  1. Beautiful picture...such tranquility.

    ResponderExcluir
  2. Great Teca.....I love it.

    greetings and kisses, Joop

    ResponderExcluir
  3. Muy buena entrada amiga!!!!

    Un gran saludo-

    ResponderExcluir
  4. Lovely photo! So nice to come back here!

    ResponderExcluir
  5. Belo, essa é a definição desse poema, qrda Teca. O tempo passa mas há coisas que são para sempre.

    Bjo's. ^,^

    ResponderExcluir
  6. Allison, did you like the music, darling?
    Kisses and a great day!

    Antonio, precioso como tudo o que você escreve...
    Beijos e um ótimo fim de semana.

    Joop, a big hug for you, honey!

    Alejandro, que bom que gostou, Amigo!
    Grande beijo.

    loudewijks, it's great to see you here again! Thanks.
    Kisses.

    Densetsu, isso, menino! Tem coisas que são para sempre!
    Beijos e obrigada pela visitinha...

    ResponderExcluir
  7. Libre como el viento, un fuerte abrazo Teca.

    ResponderExcluir
  8. seva, "entregarei meu ser ao ser do Tempo".
    Beijos e um forte abraço.

    ResponderExcluir
  9. Gustavo Osmar santos
    Estuvo aquí..wonderfull.

    ResponderExcluir
  10. Gustavo, obrigada pela visita. Seja bem-vindo! Estive vendo suas fotos. São muito bonitas.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Gaspar, obrigada!
    Grande beijo e um ótimo domingo!

    ResponderExcluir
  12. Mais uma vez, demais.

    Grande abraço e um ótimo domingo.

    ResponderExcluir
  13. Raro ler um poema de Caio, já que a prosa dele se tornou mais acessível. Gostei muito, Teca! Parabéns pela postagem.
    Beijos.
    Jefferson.

    ResponderExcluir
  14. Roberto, um ótimo domingo pra você também!
    Beijos doces.

    Jefferson, obrigada pelo carinho.
    Beijos e abraços.

    ResponderExcluir
  15. Hola teca.
    Hoy estas optimista, me alegro que sonrías :D
    un beso.

    ResponderExcluir
  16. APU, gosto quando vem aqui me visitar! Assim, fico mais feliz... ;D
    Beijos com amor.

    ResponderExcluir
  17. :) Esta é tão leve e poderosa que fez o coração voar!

    ResponderExcluir
  18. Dalaiama, "cantos de alívio pelo que se foi"... uff
    Beijos, abraços, felicidade!

    ResponderExcluir
  19. is it you?
    just want to see ur photo..
    me more curious..

    ResponderExcluir
  20. arvind, I'm not in the picture!

    You're curious! ;)

    Kisses.

    ResponderExcluir
  21. Music is an international language,a blessing language.

    ResponderExcluir
  22. kostas, the language of the soul ...
    Hugs!

    ResponderExcluir