sábado, 3 de julho de 2010

Quietude


foto: internet



E então ficamos os dois em silêncio, tão quietos 
como dois pássaros na sombra, 
recolhidos ao mesmo ninho, 
como dois caminhos na noite, 
dois caminhos que se juntam 
num mesmo caminho... 

Já não ouso... já não coras... 
E o silêncio é tão nosso, 
e a quietude tamanha 
que qualquer palavra bateria estranha 
como um viajante, altas horas... 

Nada há mais a dizer, 
depois que as próprias mãos 
silenciaram seus carinhos... 
Estamos um no outro 
como se estivéssemos sozinhos... 

J.G. de Araújo Jorge


6 comentários:

  1. Querida amiga.

    Que chegue a hora da verdade.

    Chega a hora da verdade
    Chega cedo chega tarde
    Chega sempre ao amanhecer
    Chega sempre ao entardecer
    Chega sempre vamos ver

    Quando a verdade chegar
    Quando a verdade aparecer
    Quando a verdade entusiasmar
    Quando a verdade disser
    Quando a verdade vier vou parar

    Venha a verdade quero sentir
    Venha a verdade me dizer
    Venha a verdade me acompanhar
    Venha a verdade vou partir
    Venha a verdade quero respirar

    Quando a verdade vier
    Quando a verdade não mentir
    Quando a verdade cruzar
    Quando a verdade sentir
    Quando a verdade silenciar

    Sinto que não há verdade
    Sinto que a verdade partio
    Sinto que a realidade
    Sinto que já ninguém a viu
    Sinto sinto o que alguém sentio.


    Como dizia certo filósofo:- Se é verdade que a mentira existe, minha querida amiga, afinal não há mentira.

    ResponderExcluir
  2. João, tava com saudade da sua poesia...
    Beijos e um ótimo domingo de sol, céu azul e felicidade!

    ResponderExcluir
  3. Don, que bom que gosta...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. at times we may feel a small movement too so enjoyable..

    its a - "saying".. and promisingly, so promisingly - me not realate those words - with that PHOTO.. believe me..

    (the comment for the photo may be -
    "samba dance" (lol))

    ResponderExcluir
  5. arvind, você realmente é engraçado...
    Beijos de cá.

    ResponderExcluir